3 habilidades para se tornar um mestre do tempo e vencer o estresse

O estresse é o principal inimigo do estilo de vida saudável. É quase impossível manter práticas de autocuidado com a saúde, atividade física regular e alimentação saudável quando se está em sofrimento psicológico. Hoje o estresse é responsável por milhões de mortes anualmente. No Reino Unido por exemplo 180 mil mortes anuais estão ligadas ao estresse. O CDC nos Estados Unidos estima que 75% dos atendimentos em serviços de saúde tem alguma relação com ele. Por volta de 50% de todos os afastamentos do trabalho estão relacionados ao estresse, bem como 80% dos acidentes na indústria.


Administrar adequadamente o tempo é uma das formas mais importantes para evitar o estresse. Problemas com tempo e dinheiro são dois dos estressores mais comuns do nosso tempo e estão diretamente relacionados. Vivemos na maior parte das cidades correndo, acelerados, tentando atender a todas as exigências do estilo de vida moderno. Aprender a usar o tempo acaba sendo o principal trunfo para evitar que entremos nas tristes estatísticas de adoecimento por estresse.


O gerenciamento de tempo depende de três importantes habilidades que se bem desenvolvidas podem nos tornar mestres do tempo:


Priorização


Priorizar é aprender a discernir o que é importante e o que não é. Exige como primeira tarefa a definição de um propósito para cada ação que fazemos. Muitas das vezes trabalhamos e executamos milhares de coisas durante o dia de forma automática. Não nos perguntamos os motivos para tudo isso. Para priorizar você deve obrigatoriamente definir os seus motivos no trabalho e na vida. Assim poderá dar o importante passo de pensar estrategicamente quais tarefas deve executar ou não, para quais dará mais ou menos atenção no seu dia, semana, mês e ano. A priorização é o coração do gerenciamento de tempo.


Agendamento


Definida a ordem de prioridade e importância de cada ação você deve aprender a agendar, ou seja, alocar os blocos de tempo que tem disponíveis no dia para cada tarefa. Para agendar adequadamente precisa compreender a realizadade da escassez do tempo, vendo ele como um recurso finito e esgotável. É muito útil adquirir o hábito de manter qualquer espécie de registro visual de como seu tempo está sendo utilizado. Você poderá ter a clara noção se dedica mesmo o seu tempo para aquilo que é mais importante para suas prioridades. Há vários outros bons motivos para agendar. Você pode evitar esquecer algum importante compromisso e assim não ter problemas que provocariam mais estresse e pode adquirir a habilidade de estabelecer mais facilmente limites saudáveis para você e para os outros. Mas um aviso muito importante: seja realista e honesto com você mesmo no agendamento! Não se iluda de que conseguirá executar uma tarefa em um tempo menor por que você pode estar criando uma fonte de frustração importante.


Execução


Com a priorização e agendamento você praticamente criou um plano de ação para o uso do seu tempo. Agora é importante executar esse plano. Defina metas para cada tarefa daquele bloco de tempo. Tenha claro para você quando a tarefa estará completa. É útil ao agendar determinar sua definição de “tarefa completa” para cada ação. Se pergunte como a tarefa deve ter sido executada para que a considere terminada e não precise mais retornar a ela. Deixando tarefas pela metade você “planta” o estresse que vai colher mais tarde. Não deixe "pontas soltas" no seu trabalho. Um importante hábito a criar com a habilidade da execução é do compromisso com você mesmo. Aprenda a “dar sua palavra de honra” para você mesmo.


Um tempo com propósito


Você já percebeu que gerenciar bem o tempo é mais que apenas utilizar bem as horas do dia. Envolve dar passos importante para viver uma vida “de propósito”, sabendo onde quer chegar. A sensação de ausência de sentido na vida e de perda de controle são importantes fatores de risco para o adoecimento mental. O famoso neuro psiquiatra Victor Frankel, criador da Logoterapia e sobrevivente dos campos de concentração da Segunda Guerra Mundial, escreveu sobre a importância do sentido como protetor para a saúde:



“Quem tem um ‘porquê’ para viver, pode suportar quase todo o ‘como’”.


Por esta razão criar hábitos de gerenciamento de tempo faz parte de um estilo de vida saudável. A boa gestão do tempo pode ser considerado um dos elementos do alicerce que permite construir todas as mudanças que queremos na vida.


Invista em cuidar do seu bem mais precioso, o tempo.


0 comentário