Entrevista clínica com foco no estilo de vida

Os hábitos de vida sempre foram assunto presente durante as consultas dos profissionais de saúde. Tanto para a classificação de risco quanto para planejamento de prevenção em saúde. Como as evidências de que o estilo de vida é um importante determinante da saúde é necessário que as intervenções dos profissionais de saúde sejam mais adequadas e eficientes. É preciso acessar melhor esse tipo de informação e promover as mudanças de hábitos necessárias para a construção de saúde daqueles que assistimos.


Muitos profissionais de saúde tem um vasto conhecimento técnico sobre as evidências e recomendações quanto aos pilares da MEV mas se sentem frustrados quando vão atender seus pacientes por não conseguirem levar esse conhecimento para a prática. Sentem que precisam de uma nova estrutura de consulta na qual esse novo conhecimento esteja incorporado para produzir encantamento e mudança em seu paciente.


Parte desse desejo pode ser realizado através do estudo e aperfeiçoamento da Entrevista Clínica. Particularmente sua releitura aos olhos da MEV. É importante lembrar que a Entrevista Clínica não é a mesma coisa que a anamnese que é treinada no curso de Medicina por exemplo.


Anamnese x Entrevista Clínica


A anamnese é uma das mais importantes ferramentas da prática clínica. Não há dúvida. Mas fazer uma anamnese não é o mesmo que fazer uma entrevista clínica. A anamnese é uma conversa entre um profissional de saúde e um paciente com foco nos sintomas, sinais e histórico que vai desde o início do desconforto que está sendo objeto de atenção até o momento da observação clínica. Ela é realizada com base nas lembranças do paciente, uma recordação dos fatos. Tem como objetivo único realizar diagnósticos de doenças e prescrição de tratamentos.


A entrevista clínica tem um outro objetivo. Muito mais amplo. Ela está centrada na pessoa apesar de ser conduzida pelo profissional de saúde. O mais importante é fortalecer o relacionamento com o paciente e construir com ele os objetivos de saúde ao mesmo tempo em que se faz a anamnese.


5 passos da entrevista clínica


A entrevista clínica é um tema muito amplo. Exige treinamento e aperfeiçoamento de várias habilidades. Mas podemos utilizar 5 passos apresentados por Borrelli Carrio para organizar de forma simples o atendimento:


1 - Preparação - no momento que antecede a consulta com o paciente podemos preparar o terreno para um bom encontro. Podemos enviar previamente uma avaliação mínima de hábitos de vida, avaliar o resultado dessa avaliação antes do paciente entrar no consultório, rever prontuários e acordos prévios. É importante aprender a autoavaliar sobre próprio estado emocional para o atendimento nos momentos que o antecedem. Pode ser interessantes realizar um momento de mindfulness para aumentar o foco e evitar distrações mentais durante este atendimento.


2 - Abertura – o início da entrevista clínica é o momento de contato inicial. Aqui fazemos a apresentação pessoal e aproveitamos para observar de forma atenta também o comportamento não verbal do paciente. É importante fazer uma escuta ativa das demandas e necessidades do paciente quanto a mudanças de hábitos de vida e estabelecer quais suas prioridades para este atendimento. Essa etapa deve terminar com uma lista de assuntos para discussão durante aquele encontro.


3 - Exploração – é o momento de explorar mais ativamente os hábitos de vida seguindo a avaliação mínima respondida pelo paciente previamente. É hora de aprofundar o conhecimento sobre seus hábitos, doenças e crenças. Outra importante informação é entender as tentativas anteriores que o paciente fez para mudar seu estilo de vida e qual sua percepção disso. Utilize perguntas abertas, faça reflexões e resumos das informações que o paciente fornece, como sugerido pelo modelo da Entrevista Motivacional. Permita que o paciente fale mais e seja mais ativo na entrevista. Resista ao impulso de fornecer informações nesta fase ou fazer julgamentos e interpretações. Procure entender qual o ideal de saúde do paciente, seus objetivos ali. Não interrompa o paciente. Deixe ele construir um discurso sobre sua vida e saúde. Terminamos essa fase exploratória com a avaliação física, medidas antropométricas, sinais vitais e outros exames necessários.


4 -Resolutiva- nesta fase devemos ser mais ativos e apresentar os parâmetros objetivamente quanto às recomendações de estilo de vida segundo as melhores evidências. Mas procure sempre individualizar essas informações para o caso do seu paciente. É importante classificar em que estágio de mudança o paciente se encontra para cada pilar da MEV de acordo com o Modelo Transteórico. Isto ajuda a estabelecer as prioridades para a construção do plano de mudança. Procure compreender o grau de importância dada a esse aprimoramento e ainda a confiança que ele tem em mudar especificamente o hábito escolhido. Podemos fornecer informações e ajudar o paciente a construir alternativas. À escolha do paciente, pode ser feita a prescrição de hábitos de vida importantes. Esses objetivos de mudança são feitos no modelo de metas SMART-SE com a formação de um compromisso entre profissional e paciente. É desejável que um seguimento mínimo através de contato por email, mensagens ou ligações telefônicas sejam feitas antes do próximo encontro.


5 – Encerramento – este é o ápice do encontro. Devemos fazer um resumo de todas as fases e acordos até aquele momento. Ter certeza de que não restaram dúvidas ou pontos a serem esclarecidos. E por fim, devemos “ lançar a rede de proteção” que seria a prevenção de recaídas e frustrações. É muito importante atuar de forma preventiva quanto às possíveis falhas para não impactarem na autoeficácia da pessoa.

Atenção + acolhimento = sucesso


A entrevista clínica seguindo estes passos torna-se muito mais organizada. Existe um ganho importante em eficiência nos tratamentos e intervenções propostas. O tempo da consulta é melhor aproveitado. Mas não é apenas isso. O paciente sentirá estar sendo melhor atendido, acolhido e compreendido que são os pilares de uma boa prática de cuidado.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo