Florescer - uma nova compreensão da felicidade e do bem-estar

Qual o maior sonho de todo ser humano? Aquele que é o desejo de todos? Qual o principal objetivo da humanidade? Hora! É ser feliz! Certo? Segundo o pai da Psicologia Positiva, Martin Seligman, autor do livro Florescer - uma nova compreensão da felicidade e do bem-estar, não é ser feliz mas florescer. Florescer é atingir o pleno bem-estar.


Seligman faz nesse livro uma revisão da sua teoria sobre a felicidade apresentada no livro anterior Felicidade Autêntica mudando o objetivo da Psicologia Positiva que antes era o estudo e promoção da felicidade para o desenvolvimento de bem-estar. Para chegar nessa mudança o pai dessa ciência conta a história do seu nascimento e suas motivações (como salvar os terapêutas dos efeitos negativos da prática na psicologia tradicional). Narra os bastidores dessa história passando pela sua eleição para o cargo de presidente da Associação de Psicologia Americana, financiamentos de pesquisa por uma fundação misteriosa, até chegar ao programa de mestrado em Psicologia Positiva Aplicada na Universidade da Pensilvânia. É a partir do questionamento de uma aluna desse curso que Seligman revê sua teoria.


A Felicidade é a satisfação com a vida, medida pela emoção positiva, engajamento e sentido de viver. Mas esse seria mesmo o objetivo de todas as pessoas? Não, há mais do que isso. Algumas pessoas também buscam relacionamentos significativos e conquistas. A teoria da felicidade autêntica tem também, segundo o autor, falhas importantes, entre elas o fato de que a satisfação com a vida, o objeto de estudo até então da Psicologia Positiva, ser influenciada pelo humor. O bem-estar seria um constructo teórico melhor.


A teoria do bem-estar estabelece que o florescimento é composto por cinco elementos: emoções positivas, engajamento e sentido, já presentes na teoria da felicidade autêntica, relacionamentos e realização. Em inglês esses elementos formam o acrônimo PERMA. A teoria também dá papel de destaque para as forças de carácter que sustentam os cinco elementos.


PERMA é a nova ciência do bem-estar


O livro apresenta em seus capítulos várias intervenções e experiências do uso prático das teorias da Psicologia Positiva servindo como um inventário de contribuições do autor na prática e uma prova de seu efeito fora do mundo da pesquisa. Passa pela psicoterapia positiva descrita sessão a sessão (conforme publicado no livro Manual de Psicoterapia Positiva) e o programa de mestrado em psicologia positiva aplicada.


Educação positiva


O capítulo 5, dedicado à educação positiva, recorda o “Programa de Resiliência Penn” e depois a experiência de implantação de um programa semelhante na escola australiana de Geelong. Esses programas sustentam a proposta da educação positiva de incorporar a todo o trabalho acadêmico o uso e desenvolvimento das forças de carácter dos alunos como forma de aumentar a resiliência emocional dos e melhorar seu desempenho. O capítulo 6 mostra a contribuição da pesquisadora Angela Lee Duckworth para a qual “o carácter é no mínimo tão importante quanto o intelecto”. È ressaltada a importante mudança de paradigma provocada pelo trabalho da autora que reapresenta o tema do esforço do aluno como importante para o resultado acadêmico e não só o ambiente, professores e contexto, algo abandonado na educação a décadas.


A auto-disciplina e a garra seriam as responsáveis pela alta realização humana.


Somos também presenteados pela descrição do “Programa de Aptidão Abrangente para soldados” criado sob encomenda do exército americano para reduzir os danos do estresse pós-traumático que afetam a vida dos soldados. O programa incluiu a criação de um instrumento de avaliação, cursos de treinamento on-line das aptidões emocional, social, familiar e espiritual além de treinamento presencial feito pelos sargentos. Centrado na ideia do crescimento pós-traumático este treinamento ensina cinco elementos:


  1. compreensão da reação ao trauma

  2. redução da ansiedade com o controle dos pensamentos intrusivos

  3. autorrevelação construtiva

  4. criação de uma narrativa positiva do trauma

  5. princípios para uma vida mais forte frente ao trauma


Saúde Positiva


O capítulo 9 apresenta o conceito de saúde positiva que leva o paradigma construído na psicologia para a medicina. Várias evidências científica demonstram a influência das emoções sobre a saúde bem como mecanismos imunológicos que sustentam esses efeitos. O autor descreve o projeto de pesquisa em que desenvolve o conceito da saúde positiva buscando marcadores de saúde e bem estar na literatura científica.


Economia e Política


A busca pelo florescimento humano chega no final do livro à discussão de sua repercussões para a economia e política. O autor sustenta a opinião de diversos outros estudiosos de que precisamos fazer uma virada do pensamento político e econômico e abandonar o PIB como medida de desenvolvimento e objetivo único das nações. O PIB é cego ao bem-estar humano e cresce mesmo com o sofrimento: morte, doença, guerra, desastres e outras condições de sofrimento aumentam o PIB pelo movimento econômico que produzem. Ecoa a esperança de que os governos enxerguem mais do que isso e a vontade política aja. Fica a lição do amigo do autor, Richard Layard:


“ A ciência torna-se uma política pública quando as evidências são suficientes e há vontade política”.


O livro é também uma oportunidade de defesa pública tanto da psicologia positiva quanto do seu autor. A psicologia positiva ainda é uma área pouco compreendida até por profissionais da área. Muitos preconceitos são propagados e a lista de aplicações e programa do livro servem para demonstrar como estão errados. Seligman apresenta as dificuldades que sofre até hoje, colocando-se no campo dos dissidentes da psicologia convencional e por isso alvo de ataques. Aproveita para responder a seus críticos e defender-se até de acusações como a de que teria colaborado com o exército americano na criação de métodos de tortura.


Um outro aspecto importante da obra é a apresentação dos grandes nomes da área. Ao ler esse livro descobrimos quem vale a pena ser lido em cada tópico de interesse. Repleto de exercícios, descrição dos programas de psicologia positiva e evidências científicas, Florescer é uma leitura que deixa qualquer interessado em Psicologia Positiva enlouquecido. Vale a leitura.

0 comentário