Mentalidade de Crescimento: Resumo do livro Mindset de Carol S. Dweck

Acreditar que suas qualidades são imutáveis — o mindset fixo — cria

a necessidade constante de provar a si mesmo seu valor. Se você possui

apenas uma quantidade limitada de inteligência, determinada

personalidade e certo caráter moral, nesse caso terá de provar a si mesmo

que essas doses são saudáveis. Não lhe agradaria parecer ou sentir-se

deficiente quanto a essas características fundamentais.


Já o mindset de crescimento se baseia na crença de que você é capaz

de cultivar suas qualidades básicas por meio de seus próprios esforços.

Embora as pessoas possam diferir umas das outras de muitas maneiras em

seus talentos e aptidões iniciais, interesses ou temperamentos, cada um de

nós é capaz de se modificar e desenvolver por meio do esforço e da

experiência.


A paixão pela busca de seu desenvolvimento e por prosseguir nesse caminho, mesmo (e especialmente) quando as coisas não vão bem, é o marco distintivo do mindset de crescimento.


Esse é o mindset que permite às pessoas prosperar

em alguns dos momentos mais desafiadores

de suas vidas.


Seu “mindset para a inteligência” entra em ação quando as situações

envolvem capacidade mental.


Seu “mindset para a personalidade” entra em ação nas situações

que envolvem suas qualidades pessoais, por exemplo, quão confiável,

cooperativo, atencioso ou socialmente habilidoso você é.


O mindset fixo faz com que você se preocupe com a forma pela qual

será avaliado; o mindset de crescimento torna-o interessado em seu

aperfeiçoamento.


Quando adotamos um mindset, ingressamos num novo mundo. Num

dos mundos — o das características fixas, o sucesso consiste em provar que

você é inteligente ou talentoso. Afirmar-se. No outro mundo o das

qualidades mutáveis, a questão é abrir-se para aprender algo novo.


Desenvolver-se.

Você tem escolha.


Os mindsets nada mais são do que crenças. São crenças poderosas,

mas são apenas algo que está em sua mente, e você pode mudar sua mente.

Enquanto lê, pense aonde gostaria de ir e que mindset pode levá-lo até lá.

É evidente que pessoas de mindset de crescimento prosperam ao ir além

de seus limites.


E como prosperam as pessoas de mindset fixo? Quando as coisas

estão seguramente ao seu alcance. Se as coisas forem muito desafiadoras

se não se sentirem inteligentes nem talentosas, elas perdem o interesse.

Mesmo no mindset de crescimento o fracasso pode ser uma

experiência penosa. Mas ela não nos define. É um problema que tem de ser

enfrentado e tratado, e dele se devem extrair ensinamentos.

Em suma, quando as pessoas acreditam em traços imutáveis, estão sempre

achando que correm o risco de ser avaliadas em termos de fracasso.


O fracasso pode defini-las de maneira permanente. Por mais

inteligentes ou talentosas que sejam, essa atitude parece incapacitá-las

para o uso de seus recursos de reação. Quando as pessoas acreditam que

suas qualidades básicas podem ser desenvolvidas, os fracassos podem ser

dolorosos, mas não as definem. E, se é possível expandir as capacidades —

se a mudança e o crescimento são possíveis, então ainda há muitos

caminhos para o sucesso.


Damos a nossos heróis qualidades super-humanas que

inevitavelmente concorreram para sua grandeza. É como se Midori já saísse

do útero tocando seu violino, Michael Jordan driblando e Picasso pintando.

Isso retrata fielmente o mindset fixo. E está por toda parte.


O mindset de crescimento permite efetivamente que as pessoas

gostem do que fazem, e continuem a gostar mesmo diante de dificuldades.

Os atletas, CEOs, músicos e cientistas de mindset de crescimento adoram

suas atividades, o que não é o caso de muitos dos de mindset fixo.

O mindset fixo dificulta o desenvolvimento e a mudança.


O mindset de crescimento é um ponto de partida para a mudança, mas cada um deve

decidir por si mesmo em que direção seus esforços de mudança seriam mais

úteis.


Gostou do resumo? Quer mais informações sobre este livro ou outros? Faça parte da nossa lista VIP!

0 comentário